Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palimpsesto

"Para sobreviver é preciso contar histórias“

27 Dez, 2020

O tempo erodido

Neste final de ano dou por mim a pensar em Proust… em Joyce…, no tempo erodido e na inevitabilidade das escolhas. O tempo não é uma arriba! é uma escavadora de sulcos no córtex existencial. Uma fita magnética linear a revestir as paredes de memórias, em marca d’água, assinada por Khronos. Einstein sabia que o tempo não passava de uma ilusão a criar realidades na (in)consciência. Verbalmente, o tempo é ter ou haver. Mas não o há que sobeje, nem o tenho em excedências. (...)
Outrora é um lugar situado no centro do universo. As suas fronteiras cardeais são guardadas pelos quatro arcanjos, a norte Rafael, a sul Gabriel, a ocidente Miguel e a oriente Uriel. Outrora é divinamente protegida e tudo corre bem. É na floresta de Outrora que se encontra o coração do micélio, e este, sábio e intemporal, como Deus, fala a quem o escute, num sussurro que não tem tempo nem significado, apenas evidência e clareza. Como em todos os lugares pequenos há um (...)